Logotipo das ferramentas para webmasters.png

Blog para webmasters do Google - Resumo de março

No resumo deste mês do Webmaster, damos uma olhada no que o Google fez para aprimorar o recurso mais popular das Ferramentas do Google para webmasters e como eles tornaram mais rápida a busca por usuários de SSL (Secure Sockets Layer).

Cinco erros comuns cometidos em SEO

Muitas pessoas cometem erros ao planejar suas Estratégia de SEO. O Google descreveu os cinco mais comuns que devem ser observados.

  1. Não ter uma proposta de valor - Você não deve presumir que seu site será automaticamente classificado na posição número 1 sem saber por que ele é útil para os pesquisadores. Você precisa informar ao Google qual é a USP da sua empresa
  2. Abordagem segmentada - Certifique-se de trabalhar em conjunto com todos os departamentos da sua empresa. Você precisa ter os mesmos objetivos nas campanhas de marketing e pesquisa de SEO.
  3. Correções rápidas - Evite implementar correções rápidas em vez de pesquisar novos recursos ou práticas recomendadas que possam simplificar o desenvolvimento a longo prazo.
  4. Modismos de SEO - Concentre-se nas tarefas/esforços fundamentais que trarão visitantes duradouros, em vez de passar o tempo obcecado com o último truque.
  5. Iteração lenta - Procure simplificar sempre que possível, procure trabalhar em um ambiente em que a infraestrutura e/ou os processos dificultem o aprimoramento do site ou até mesmo o teste de possíveis melhorias.

Esses cinco erros podem parecer insignificantes, mas são os mais comuns cometidos em planos de SEO e podem fazer uma grande diferença no site de sua empresa.

Próximas mudanças no referenciador HTTP do Google

O Google Webmaster anunciou que a pesquisa na Web do Google em breve usará uma nova proposta para reduzir a latência, quando um usuário da pesquisa SSL do Google clicar em um resultado de pesquisa com um navegador moderno, como o Chrome.

A partir de abril, os navegadores com suporte adequado usarão a meta tag referrer para simplificar automaticamente o URL de referência enviado pelo navegador ao visitar uma página.

O principal motivo para o Google fazer isso é remover qualquer redirecionamento desnecessário. Assim, os usuários que estão conectados podem chegar ao seu destino mais rapidamente.

Paginação com rel='next e rel='prev'

O conteúdo paginado é aquele que se estende por várias páginas ou URLS, como um artigo ou um site de comércio eletrônico.

Agora você pode dar uma forte dica ao Google de que gostaria de tratar essas páginas como uma sequência lógica usando as marcações rel='next' e rel='prev', que enviarão os usuários para a primeira página da sequência e os conduzirão na ordem solicitada.

Crawl Errors the Next Generation (Erros de rastreamento da próxima geração)

O Google anunciou alguns aprimoramentos nos erros de rastreamento, que é um dos recursos mais populares das ferramentas do Google para webmasters. Agora eles estão divididos em duas categorias de erros: erros de site e erros de URL.

Erros do site
Um erro de site é um erro que afeta todo o site, não apenas um URL.

Erros do site

Erros de URL
O erro de URL é específico de uma determinada página.

Erros de URL

Agora, o Google se concentrou em fornecer os 1.000 erros mais importantes e acionáveis em cada categoria, em vez de 100.000 erros de uma só vez, o que pode ser muito complicado. Isso ajudará as pessoas a classificar seus erros mais rapidamente, abordando os mais importantes primeiro.

Compartilhe com segurança o acesso ao seu site nas Ferramentas do Google para webmasters

O Google anunciou que agora será possível permitir que outros usuários façam login nas Ferramentas do Google para webmasters. Eles adicionaram um novo recurso que permite que o proprietário do site conceda acesso limitado a outras pessoas para visualizar os dados e as configurações do site.

Eles esperam que a adição de usuários completos e restritos facilite o gerenciamento do seu site, pois agora é possível conceder acesso dentro de um escopo limitado para ajudar a evitar alterações indesejáveis ou não autorizadas.

Leia mais artigos deste autor

clique aqui